Notícias recentes:
Home » , » CÂMARA MUNICIPAL DE IBIÚNA REJEITA AS CONTAS DE 2012 DO EX- PREFEITO COITI MURAMATSU: Relatório destaca que Coiti investiu menos que o obrigatório em Educação, utilizou de forma irregular os recursos do Fundeb e gastou acima do permitido com o funcionalismo municipal. Além disso, de acordo com o Parecer, não recolheu INSS e outros tributos, realizou gastos e despesas irregulares e sem justificativas, deixando um rombo orçamentário de mais de R$21 milhões.

CÂMARA MUNICIPAL DE IBIÚNA REJEITA AS CONTAS DE 2012 DO EX- PREFEITO COITI MURAMATSU: Relatório destaca que Coiti investiu menos que o obrigatório em Educação, utilizou de forma irregular os recursos do Fundeb e gastou acima do permitido com o funcionalismo municipal. Além disso, de acordo com o Parecer, não recolheu INSS e outros tributos, realizou gastos e despesas irregulares e sem justificativas, deixando um rombo orçamentário de mais de R$21 milhões.

Postado por: gazeta de ibiuna nesta terça-feira, 31 de maio de 2016 | 12:40

CÂMARA MUNICIPAL DE IBIÚNA REJEITA AS CONTAS DE 2012 DO EX- PREFEITO COITI MURAMATSU: Relatório destaca que Coiti investiu menos que o obrigatório em Educação, utilizou de forma irregular os recursos do Fundeb e  gastou acima do permitido com o funcionalismo municipal. Além disso, de acordo com o Parecer, não recolheu INSS e outros tributos, realizou gastos e despesas irregulares e sem justificativas, deixando um rombo orçamentário de mais de R$21 milhões.

Ex-prefeito de Ibiúna, Coiti Muramatsu
    Por: Marcos Pedroso – MTB nº 65.694/SP

  Na Sessão da Câmara Municipal de Ibiúna, interior paulista, realizada no último dia  19 de abril, foi aprovado por unanimidade o Parecer da Comissão de Finanças e Orçamento, presidida pelo Vereador Dr. Beto Arrais (PPS), rejeitando as contas de 2012 da prefeitura de Ibiúna administrada, na época, pelo prefeito Coiti Muramatsu.
O PARECER
  De acordo com o Parecer, a administração Coiti Muramatsu gastou menos que o obrigatório em Educação, utilizou de forma irregular os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e gastou acima do permitido com funcionalismo municipal. Além disso, a administração não recolheu (INSS) e outros tributos, realizou gastos e despesas irregulares e sem justificativas, deixando um rombo orçamentário de mais de R$ 21 milhões. 
  De acordo com Arrais, o Parecer foi elaborado com base no relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP) que apontou, entre outras coisas, diversas irregularidades praticadas pela administração do município naquele ano “ Não tenho nada contra a pessoa do Sr. Coiti, mas por questões jurídicas, temos que fazer a nossa parte”, declarou o parlamentar.
VEREADORES ELOGIAM COITI
  Os vereadores que ocuparam a tribuna, após a rejeição das contas, não pouparam elogios à pessoa do ex-prefeito Coiti. Contudo, observaram que as questões técnicas e as inúmeras irregularidades apontadas durante a sua administração, levaram à rejeição das contas por unanimidade O principal erro do ex-prefeito Coiti foi deixar algumas pessoas mal intencionadas participarem da administração, fazendo o que queriam dentro da prefeitura, naquele período”, declarou o Presidente da Câmara Municipal, Paulinho Sasaki (PTB), após a rejeição das contas de 2012, por unanimidade.
COITI NÃO COMPARECEU NA SESSÃO
  Antes do início da Sessão, havia uma expectativa nos bastidores da Câmara, de que o ex-prefeito Coiti pudesse comparecer para apresentar a sua defesa e possíveis argumentos.
  De acordo com o Regimento Interno da Casa, o ex-prefeito teria 15 minutos para fazer uso da tribuna. Contudo, alegando motivos de saúde, Coiti não compareceu. Limitou-se a enviar um Ofício que foi lido pelo Presidente Paulinho Sasaki. No Ofício, entre outras coisas, Coiti fala sobre as realizações de seu governo, mencionando melhorias no setor de Saúde.

______________________________________________________________________________
















Divulgue essa notícia :

Publicidade:

Mais lidas

 
Originalmente de: Johny Template
Modificado por Rudney oliveira
Copyright © 2013. Gazeta de Ibiúna - Redação: gazetadeibiuna@outlook.com Tel.: (15)9-9645-4554