Notícias recentes:
Home » , » CAPS II de Ibiúna: Levantamentos apontam que o município possui 6.445 pacientes cadastrados nesta unidade que cuida da saúde mental.

CAPS II de Ibiúna: Levantamentos apontam que o município possui 6.445 pacientes cadastrados nesta unidade que cuida da saúde mental.

Postado por: gazeta de ibiuna nesta quarta-feira, 16 de julho de 2014 | 14:58

CAPS II de Ibiúna: Levantamentos apontam que o município possui 6.445 pacientes cadastrados nesta unidade que cuida da saúde mental.

Festa julina realizada  no CAPS II
         Por: Marcos Pedroso - MTB 65.694/SP  
    Realizou-se na manhã da última sexta-feira (11) uma festa julina no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II) de Ibiúna, interior paulista, com a presença de autoridades, funcionários e familiares das pessoas em tratamento.
    Na oportunidade entrevistamos, com exclusividade, a Diretora da Divisão de Saúde Mental, Marcia Lima, falando sobre o funcionamento do (CAPS) no município.
      De acordo com a Diretora, que atua há 12 anos na área de saúde mental, o (CAPS II Ibiúna) está em funcionamento desde abril de 2013, estruturado com uma equipe multi-profissional, com 5 Psicólogos e 3 Psiquiatras, entre outros profissionais. Trata-se de um trabalho conjunto, onde os pacientes são atendidos com encaminhamento dos seguintes setores: Fórum, Hospital Municipal, Postos de Saúde da zona rural, Conselho Tutelar e Promoção Social. " Temos um total de 6.445 ( seis mil, quatrocentos e quarenta e cinco) pacientes cadastrados aqui no CAPS II , mas estes números precisam ser atualizados" declarou. Também informou que a denominação CAPS II, se deve ao número de habitantes dos municípios " Acima de 70 mil habitantes, já é denominado CAPS II " esclareceu, observando que estas unidades atendem somente pacientes acima dos 18 anos de idade. " Os adolescentes são atendidos pelo Ambulatório" declarou, ressaltando que na maioria das vezes são casos de depressão, próprios da idade.
                                                                                                                        MEDICAMENTOS
Marcia Lima e o Diretor do Hospital Municipal, Carlos Barbosa
    De acordo com Marcia Lima, as receitas para liberação de medicamentos dependem da avaliação de um Psiquiatra " Nós não podemos emitir receitas sem que passem pelo atendimento do Psiquiatra"  declarou, lamentando que muitos pacientes se recusam a passar por esta avaliação do especialista. Também informou que as receitas médicas, quando emitidas, têm a validade de 2 meses "  Depois disso, a pessoa precisa passar por uma nova avaliação, do contrário não há como continuar com a medicação" disse. Contudo, fez questão de esclarecer que no CAPS II não há fornecimento  de remédios 
Diretora Marcia Lima com a Equipe CAPS II
"Aqui nós cuidamos da saúde mental das pessoas" declarou, observando que cabe ao médico avaliar a necessidade de cada paciente.
                      ATENDIMENTO
      Em suas considerações finais, Marcia destacou a qualidade do serviço prestado pelo CAPS II Ibiúna " Aqui possuímos uma estrutura para atendimentos em grupo e individual, de acordo com a necessidade específica de cada caso " destacou, convidando nossa equipe para participar de uma festa julina e conhecer as instalações da unidade.

  

GALERIA DE FOTOS
Autoridades prestigiaram a Festa julina realizada pelo CAPS II.

Autoridades: Vereador Dr. Rodrigo, 1ª Dama Dona Tina, Diretor do Hospital Municipal Carlos Barbosa, Mayara Verde representando o Vereador Pedrão da Água, entre outros que compareceram em horários diferentes.

Diretora Marcia Lima com a Equipe CAPS II
Marcia Pedroso e Mayara Verde experimentando as deliciosas pipocas da Dona Teresa.




Unidade CAPS II localizada à Rua Álvaro de Almeida Leme, nº 271 - Centro - Ibiúna, SP


Divulgue essa notícia :

Publicidade:

Mais lidas

 
Originalmente de: Johny Template
Modificado por Rudney oliveira
Copyright © 2013. Gazeta de Ibiúna - Redação: gazetadeibiuna@outlook.com Tel.: (15)9-9645-4554