Notícias recentes:
Home » , , » APROVADA MOÇÃO POLÊMICA QUE ESTAVA ENGAVETADA NA CÂMARA: Vereadores ibiunenses aprovam uma Moção de Aplausos para o ex- Ministro do (STF) Joaquim Barbosa, que estava engavetada desde quando foi apresentada, em dezembro de 2013. Na época, o pedido de discussão foi solicitado pelo Vereador Abel do Cupim (SDD), seguindo orientação do então presidente da Câmara, Carlos Marques (PT)

APROVADA MOÇÃO POLÊMICA QUE ESTAVA ENGAVETADA NA CÂMARA: Vereadores ibiunenses aprovam uma Moção de Aplausos para o ex- Ministro do (STF) Joaquim Barbosa, que estava engavetada desde quando foi apresentada, em dezembro de 2013. Na época, o pedido de discussão foi solicitado pelo Vereador Abel do Cupim (SDD), seguindo orientação do então presidente da Câmara, Carlos Marques (PT)

Postado por: gazeta de ibiuna nesta sexta-feira, 27 de março de 2015 | 15:19

APROVADA MOÇÃO POLÊMICA QUE ESTAVA ENGAVETADA NA CÂMARA: Vereadores ibiunenses aprovam uma Moção de Aplausos para o ex- Ministro do (STF) Joaquim Barbosa, que estava engavetada desde quando foi apresentada,  em  dezembro de 2013. Na época, o pedido de discussão foi solicitado pelo Vereador Abel do Cupim (SDD), seguindo orientação do então presidente da Câmara, Carlos Marques (PT)

Apenas Carlinhos (PT), de pé, se posicionou contrário na votação
        Marcos Pedroso - MTB 65.694/SP
   Saiu da gaveta da Câmara Municipal de Ibiúna, interior paulista, uma Moção de Aplausos para o ex- Ministro e ex- Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, na Sessão realizada na manhã da última quarta- feira ( 25). A Moção foi apresentada pelo Vereador Paulinho Sasaki (PTB), em 3 de dezembro de 2013.
    Na época, o Vereador Abel do Cupim (SDD) fez um pedido de discussão, procedimento regimental que adia a votação. Com isso, a Moção ficou engavetada  por um ano quatro meses, inclusive durante todo o período que o Vereador Abel ocupou a Presidência da Câmara, em 2014. "Fiz  a solicitação de discussão a pedido do Vereador Carlinhos , que na época era o Presidente da Câmara", declarou Abel na tribuna. Contudo, se posicionou favorável à aprovação do documento, inclusive tecendo elogios a conduta do ex- Ministro.             
                        
                      FIM DO ENGAVETAMENTO

    De acordo com o atual Presidente da Câmara, Dr. Rodrigo de Lima (PCdoB), esta demora não vai mais ocorrer "Vamos procurar agilizar os trabalhos legislativos, evitando acontecer outras situações semelhantes a lentidão evidenciada neste pedido de discussão", declarou o parlamentar para nossa equipe.

                                                                     
POLÊMICA EM TORNO DA MOÇÃO
     Para o autor da Moção, Vereador Paulinho Sasaki (PTB), a polêmica em torno deste assunto pode ser explicada até por questões partidárias " Na época que apresentei a Moção, o Ministro estava no auge de seu desempenho e muito se falava sobre o escândalo do Mensalão, que teve um desfecho nunca visto na história deste país", declarou Sasaki. Também esclareceu que diante da demora da votação, procurou fazer Voto de Aplauso por meio de Ofício, cujo já recebeu uma resposta de agradecimento em nome do ex-Ministro, na data de 21 de janeiro de 2014.                                                                                                               
Ex- Ministro Joaquim Barbosa
                 DESTAQUE  DA MOÇÃO 
      Na Moção, o autor destaca, entre outras coisas, a postura ética do Ministro Joaquim Barbosa e o seu compromisso com a lei à frente do Supremo Tribunal Federal (STF). Também destaca a expressão forte marcada em seus votos e a repercussão positiva de seus atos em todo o país no julgamento do Processo do Mensalão.

                                APROVADO
    A Moção foi aprovada por 13 votos favoráveis, 1 contrário e 2 ausências. 
Ausentes: Paulinho Dias (PR) e Aline do Rosarial (Democratas). 
Contrário, Carlos Marques (PT). 
  


VEREADOR PETISTA JUSTIFICA VOTO   CONTRÁRIO                        

   O vereador Calos Marques (PT) foi até a tribuna e justificou a sua posição contraria a homenagem ao ex -Ministro Joaquim Barbosa, criticando a postura do Ministro quando este ocupava a Presidência  do Supremo. De acordo com o parlamentar, o Ministro Joaquim Barbosa havia  se transformado em um pop star naquela ocasião, com grande visibilidade na mídia "O Ministro tem um filho que trabalha na Rede Globo", revelou. Além disso, destacou situações que contradizem o posicionamento humilde do ex- Ministro, mencionando a compra de um valioso imóvel  nos Estados Unidos "De onde vem a origem dos recursos para o ex - Ministro comprar um apartamento de U$823 mil dólares ?", indagou o parlamentar, se posicionando contrário a aprovação da Moção.

                                      
Divulgue essa notícia :

Publicidade:

Mais lidas

 
Originalmente de: Johny Template
Modificado por Rudney oliveira
Copyright © 2013. Gazeta de Ibiúna - Redação: gazetadeibiuna@outlook.com Tel.: (15)9-9645-4554