Notícias recentes:
Home » , , , » POLÊMICA NA CÂMARA MUNICIPAL DE IBIÚNA: Vereador Abel do Cupim ( SDD) barra homenagem ao Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) ,Ministro Joaquim Barbosa.

POLÊMICA NA CÂMARA MUNICIPAL DE IBIÚNA: Vereador Abel do Cupim ( SDD) barra homenagem ao Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) ,Ministro Joaquim Barbosa.

Postado por: gazeta de ibiuna nesta terça-feira, 3 de dezembro de 2013 | 16:03

POLÊMICA NA CÂMARA MUNICIPAL DE IBIÚNA
Vereador Abel do Cupim ( SDD) barra homenagem ao Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF),  Ministro Joaquim Barbosa.

                Por: Marcos Pedroso – MTB 65.694/SP
Vereador Abel do Cupim ( SDD) é atualmente o 1º Secretário da Casa.
O clima de polêmica esquentou os ânimos na Sessão da Câmara Municipal de Ibiúna, realizada na manhã desta terça-feira (3). A polêmica teve início logo após a leitura de uma Moção de Aplausos proposta pelo Vereador Paulinho Sasaki
(PTB), homenageando o Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Joaquim Barbosa.
         No texto da Moção, Sasaki apresentou um breve histórico da carreira do homenageado, destacando a sua origem humilde e a brilhante atuação como relator no processo do escândalo do Mensalão; inclusive destacando a expedição de mandados de prisão de 11 dos 25 condenados. Para surpresa de todos, o Vereador Abel do Cupim ( SDD), solicitou pedido de Discussão.
     
Autor da Moção:  Paulinho Sasaki no momento da leitura do documento.

      Ao ser questionado por jornalistas, inclusive pela reportagem do Jornal Gazeta de Ibiúna, Abel esclareceu que o pedido de Discussão partiu do Presidente da Câmara, Carlos Marques (PT), uma vez que, de acordo com o Regimento Interno da Casa, o Presidente não pode pedir Discussão. “ Fui fiel ao nosso grupo e atendi ao pedido do Presidente”, declarou. Contudo, informou que na sua opinião, a Moção deveria ter passado normalmente.
         Segundo informou o jurídico    da Câmara, o Regimento Interno da Casa não prevê este tipo de situação. Sendo assim, o poder de decidir se concede ou não a Moção, caberá exclusivamente ao Presidente. Isto significa que Carlos Marques pode arquivar ou submeter o documento ao Plenário para apreciação dos demais Vereadores.
         De acordo com a declaração do Vereador Paulinho Sasaki, o pedido de Discussão em Moção, é praticamente inédito “ Estou surpreso com este pedido de Discussão, em quatro mandatos como Vereador, nunca havia presenciado um fato como este” desabafou, visivelmente decepcionado.

.
Pivô da polêmica: Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Joaquim Barbosa.

Plenário da Câmara: Vereadores prestam atenção na apresentação da Moção.


Presidente da Câmara, Carlos Marques (PT) ,  deverá se manifestar  a respeito do assunto na manhã da próxima terça-feira (10), quando será realizada a última Sessão Ordinária deste ano.

AVISO:É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, bem como modificação textual deste SITE, por qualquer meio, sem prévia autorização formal de seu Editor. Todos os Direitos Autorais reservados, conforme a Lei nº 9.610/98.
Marcos Pedroso MTB65.694/SP
Editor- Chefe
www.gazetadeibiuna.com.br
Contato:15-9.9645-4554
email:gazetadeibiuna@r7.com
Divulgue essa notícia :

Publicidade:

Mais lidas

 
Originalmente de: Johny Template
Modificado por Rudney oliveira
Copyright © 2013. Gazeta de Ibiúna - Redação: gazetadeibiuna@outlook.com Tel.: (15)9-9645-4554