Notícias recentes:
Home » , , » GRAVE DENÚNCIA CONTRA A FACULDADE ESTÁCIO FMI DE IBIÚNA: Aluno do curso de Pós - Graduação denuncia, entre outras coisas, que concluiu o curso no final de 2015 e até agora não recebeu o certificado de conclusão

GRAVE DENÚNCIA CONTRA A FACULDADE ESTÁCIO FMI DE IBIÚNA: Aluno do curso de Pós - Graduação denuncia, entre outras coisas, que concluiu o curso no final de 2015 e até agora não recebeu o certificado de conclusão

Postado por: gazeta de ibiuna nesta segunda-feira, 28 de novembro de 2016 | 16:30

GRAVE DENÚNCIA CONTRA A FACULDADE ESTÁCIO FMI DE IBIÚNA: Aluno do curso de Pós - Graduação denuncia, entre outras coisas, que concluiu o curso no final de 2015 e até agora não recebeu o certificado de conclusão

Faculdade Estácio FMI: Rua Zico Soares, 108 - Centro, Ibiúna - SP
     Por: Marcos Pedroso
     MTB65.694/SP
      No início da noite desta segunda-feira, 28, o Jornal Gazeta de Ibiúna  recebeu uma grave denúncia de um aluno do Curso de Pós - Graduação de Gestão Estratégica de Pessoas da Faculdade Estácio FMI do município de Ibiúna, interior paulista. De acordo com o aluno Paulo César Gomes Alves, que nos procurou para fazer a denúncia, no segundo semestre de 2014 a Faculdade Estácio abriu o referido curso com o propósito de formar profissionais na área de Recursos Humanos. Ainda de acordo com César, o curso teria a duração de um ano e meio, tendo seu término previsto para  o final de 2015, conforme especificado pelos profissionais que venderam o curso " Todos os professores seriam especialistas de São Paulo, com isso, os alunos poderiam agregar Know How de fora", explicou. Contudo, de acordo com César, o que acabou acontecendo foi uma desorganização da equipe da Estácio na gestão do curso " O cronograma das aulas era bagunçado, sendo que muitos professores faltavam e não repunham as aulas ", denunciou. Além disso, de acordo com César, os alunos não tiveram orientação de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), sendo tudo feito de última hora em (EAD ) " Ao longo do curso, muitos alunos foram desistindo, pois, o atendimento da  Estácio não dava o suporte necessário e a qualidade do curso só piorava", informou, acrescentando que, ao término  do curso, em dezembro de 2015, todos os alunos entregaram os trabalhos. No entanto, para piorar a situação, o Coordenador do curso não lançou as notas no sistema. Com isso, de acordo com César, em fevereiro de 2016, os alunos permaneciam sem as notas lançadas e, consequentemente, não estavam conseguindo solicitar o diploma.
PROBLEMA SEM SOLUÇÃO
    De acordo com César, neste período apareceram algumas propostas para solucionar o problema, inclusive, uma responsável pela Estácio de São Paulo  veio até Ibiúna com uma proposta para resolver o problema " Ela fez uma proposta que só serviu para postergar a situação", declarou, esclarecendo que as notas só foram lançadas no sistema pelo Diretor da unidade. Após o lançamento das notas, de acordo com César, os alunos teriam um prazo de  180 (cento e oitenta) dias para receber os certificados. Contudo, de acordo com César, decorrido esse prazo, a situação se agravou ainda mais " Já faz quase um ano do término do curso e nenhum dos alunos conseguiu receber o certificado", declarou, ressaltando que todos o alunos estão em dia com o curso "A Equipe da Unidade de Ibiúna, Diretor, Coordenador e Administrativo não consegue resolver esta situação, sendo que até o presente momento, não tem previsão para a entrega dos certificados", finalizou, declarando total insatisfação com a Faculdade Estácio FMI de Ibiúna.
NOTA DA REDAÇÃO
       O Jornal Gazeta de Ibiúna procurou entrar em contato com a Faculdade Estácio- Unidade Ibiúna para comentar o assunto mas, até o fechamento desta matéria, não conseguimos contato. Lembrando que o Jornal Gazeta de Ibiúna está à inteira disposição para os devidos esclarecimentos.
_________________________________________________________________________










Divulgue essa notícia :

Publicidade:

Mais lidas

 
Originalmente de: Johny Template
Modificado por Rudney oliveira
Copyright © 2013. Gazeta de Ibiúna - Redação: gazetadeibiuna@outlook.com Tel.: (15)9-9645-4554